Organização

O Instituto Festival de Dança é uma Organização Social com Conselho Administrativo e Fiscal. Conta com representantes do poder público, representantes da comunidade e de entidades representativas da sociedade civil organizada, como Associação Empresarial de Joinville (Acij), Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Conselho Municipal de Cultura, além da Diretoria responsável pela execução do Festival.

Diretoria

É responsável pelo planejamento, execução, administração financeira e captação de recursos para o Festival de Dança, bem como pelo funcionamento do Instituto Festival de Dança. Formação atual:

Diretor Administrativo José Francisco Payão

Graduado em Administração em 1982 e Pós-Graduado em Administração de Empresas, foi diretor administrativo e presidente da Fundação Cultural de Joinville. Já ocupou também o cargo de presidente do Instituto Festival de Dança de Joinville em 2005 e 2006. Desde então é o responsável pela área administrativa e financeira do Instituto.

Vice-Presidente Valdir Steglich

Formado em medicina/ortopedia, faz parte do Conselho administrativo do Instituto de Ortopedia e Traumatologia e é também presidente da Escola Bolshoi.

Presidente Ely Diniz da Silva Filho

É formado em Relações Públicas e Pós-Graduado em Administração. Além de presidir o Instituto Festival de Dança de Joinville, é também presidente da EDM Logos Comunicação Corporativa.

Curadoria Artística

Nomeada pela presidência da diretoria do Instituto Festival de Dança, mantém o formato que prevê a mudança alternada dos curadores a cada dois anos. Constituído por profissionais reconhecidos da dança nacional e internacional, tem por responsabilidade trazer sugestões que contribuam para a formatação técnica e artística do evento, como revisar o regulamento das mostras, fazer a seleção dos grupos, indicar professores, jurados, companhias convidadas e outros projetos e ações especiais que podem enriquecer o conteúdo técnico-artístico do evento. Formação atual:

Rui Moreira

Com trajetória profissional de mais de 30 anos, Rui Moreira é um dos ícones da arte de dançar no Brasil.  Atuou nas companhias: Cisne Negro, Balé da Cidade de São Paulo, Cia. SeráQuê?, Cia. Azanie (França), e no Grupo Corpo.  Sua formação artística mescla danças modernas, balé clássico, danças populares brasileiras e dança contemporânea africana.  Criou espetáculos para elencos diversos e também assina a direção de movimento e coreografias em companhias de dança e de teatro. No decorrer de sua trajetória vem coordenando trabalhos em importantes coletivos artísticos nacionais e internacionais. Foi agraciado com a “Medalha da Inconfidência” pelo governo do Estado de Minas Gerais, em reconhecimento pela atuação artística e social em todo território nacional e nos países onde levou os valores da arte e cultura do Brasil.

Ana Botafogo

Nasceu no Rio de Janeiro e iniciou seus estudos de ballet clássico ainda pequena, mas foi no exterior que ela complementou sua formação. Na Europa, frequentou a Academia Goubé na Sala Pleyel, em Paris (França), a Academia Internacional de Dança Rosella Hightower, em Cannes (França) e o Dance Center-Covent Garden, em Londres (Inglaterra).De volta ao Brasil no final da década de 70, a bailarina ainda muito jovem foi nomeada Bailarina Principal do Teatro Guaíra (Curitiba-PR), da Associação de Ballet do Rio de Janeiro e, em 1981, juntou-se ao balé do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.
No ano de 1999, o Ministério da Cultura do Brasil outorgou-lhe o Troféu Mambembe, referente ao ano de 1998, pelo reconhecimento ao conjunto do trabalho e divulgação da dança em todo o território nacional. Em dezembro de 2002, recebeu do Ministério da Cultura a Ordem do Mérito Cultural, na classe de Comendadora, por ter se distinguido graças às suas relevantes contribuições prestadas à cultura no país. Em agosto de 2004, recebeu a Medalha de Mérito Pedro Ernestro, da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.
Ana Botafogo é considerada, tanto pelo público como pela crítica, uma das mais importantes bailarinas brasileiras por sua técnica, versatilidade e arte.

Caio Nunes

Começou seus estudos de dança na Escola Estadual de Dança Maria Olenewa (RJ), Vacilou Dançou, CIA de Dança Entre os Dentes, Dzi Croquets (de Lennie Dalle). Atua no Carnaval carioca coreografando para importantes Comissões de Frente. Desenvolve Workshops de Modern Jazz e Teatro Musical pelo Brasil. Em 2012, foi eleito Presidente do Sindicato dos Profissionais da Dança do RJ. Cursos de Especialização em: New York, Los Angeles e Paris. Coreógrafo da TV Globo há mais de 30 anos.

Conselho de Administração
Responsável por ações deliberativas que incluem aprovação do planejamento e acompanhamento da execução e resultados dos projetos desenvolvidos pela Diretoria do Instituto. Os dez integrantes do Conselho de Administração têm mandato entre 2 e 4 anos e reúnem-se três vezes ao ano. Formação atual: Presidente do Conselho: Joel Gehlen é jornalista, editor e diretor da Editora Letra D’Água; Vice-presidente do Conselho: Margit Olsen, representante do Conselho dos Associados do Instituto Festival de Dança de Joinville; Danilo Pedro Cindi é representante do poder público; Elaine Pereira Gonçalves representante do Conselho Municipal de Cultura; Julita Michels, empresária (representante da CDL); Evandro Censi Monteiro, representante do poder Público Municipal; José Raulino Esbiteskoski, representante do poder Público Municipal; Marina Heloisa de Medeiros Mosimann, empresária com atuação na produção e gerenciamento artístico cultural; Silvio Arlindo Borges, representante da área da educação.
Conselho Fiscal
Responsável pela supervisão das atividades administrativas e financeiras do Instituto. Os integrantes do Conselho Fiscal têm mandato de 2 anos e reúnem-se a cada seis meses. Formação atual: • Atanásio Pereira Filho • Aliatar José Cordeiro • Luiz Henrique Lima Conselheiros Suplentes • Eliane Riba • Luiz Carlos da Silva • Francieli Cristini Schultz
 
Apresentação
Patrocínio
Promoção
Realização